quinta-feira, 11 de julho de 2013

A REVOLTA DOS R$ 3,20 NÃO FOI SÓ POR R$ 3,20

As Manifestações iniciadas em São Paulo, a maior economia da União, se propagaram pelo Brasil em diversas cidades, e foram notícia no último mês em todos os meios de comunicação, aqui no Brasil, nas mídias e emissoras tradicionalistas e burguesas, fomos taxados de VÂNDALOS e BADERNEIROS, alguns veículos da imprensa Internacional nos colocaram como ATIVISTAS SOCIAIS E POLÍTICOS, recebemos apoio de brasileiros de vários lugares do mundo, como Inglaterra, Alemanha e Estados Unidos, os nossos Hermanos Argentinos nos alfinetaram dizendo que nós brasileiros NÃO ESTÁVAMOS ACOSTUMADOS com as ruas.
Arnaldo Jabor soltou toda sua ira na Rede Esgoto de Televisão
Maristela e Poly (vejam só), se mostraram indignadas na TV Cultura, Reinaldo Azevedo já é de praxe,

esse nem se conta, mas vale a pena lembra-lo.
As reivindicações eram inicialmente contra as péssimas condições do transporte público e o aumento abusivo da tarifa, mas o Movimento se propagou, se organizou e reorganizou pelas mídias sociais, ganhando corpo, novas características, novos adeptos e “novas” pautas.
Os Atos através das VÁRIAS LIDERANÇAS, organizaram-se e reorganizaram-se pelas REDES SOCIAIS de maneira LIVRE, DEMOCRÁTICA E INSTANTÂNEA, mobilizando cada vez mais pessoas.
O Governo Paulista, através do Governador Geraldo Alckmin e do Prefeito Fernando Haddad disseram, inicialmente, que não iriam negociar e em hipótese alguma voltariam atrás para baixar o preço da tarifa de ônibus.

A Polícia Militar foi usada como a “MÃO FORTE” do Estado que se mostrou, mais uma vez, REPRESSOR E AUTORITÁRIO. 
Usaram de violência extrema contra os manifestantes, lançando bombas e tiros aleatoriamente com o intuito de nos amedrontar, mas o que conseguiram foi insuflar a massa e seu GÁS nos deu mais “GÁS”. 
Sua estratégia se mostrou falha quando atingiu jornalistas de várias emissoras e meios tradicionais de jornalismo, até mesmo aqueles que os apoiavam INCONDICIONALMENTE.
Após serem atingidos por uma polícia despreparada e “desgovernada”, o discurso das Mídias tradicionais de Imprensa mudou, é claro que sabemos que não foi por LEGITIMAREM a nossa causa, ou acharem que estavam errados, o motivo foi simplesmente por terem sido atingidos.
Uma parte da população, ANALFABETOS FUNCIONAIS e EDUCADOS ALIENADOS,
viam pela televisão as vidraças de alguns Bancos serem quebrados e ficavam indignados, afinal, como pode um bando de arruaceiros, quebrar vidraças de Bancos, os mesmos Bancos que nos estupram com seus juros que somos OBRIGADOS á pagar, até por serviços que não usamos e não sabemos. 
Viam também o Metrô sendo depredado, “Meu Deus, o que é isso?” diziam eles, causaram um prejuízo de 70 mil reais, dinheiro que o Metrô de São Paulo demorou apenas 44 minutos para recuperar, fora os Milhões que lucram e esbanjam nas “Ilhas de Caras” e “Ibizas” do mundo.
Diziam os alienados: “É um Absurdo parar a Avenida Paulista!..., polo econômico da Cidade de São Paulo, e os hospitais, ...e os doentes que precisam de atendimento? Por que não fazem manifestações pela Saúde e Educação? Aí sim ganhariam o meu apoio!...
Diziam isso, como se os hospitais da nossa Periferia funcionassem perfeitamente, como se não faltassem leitos, como se não faltassem remédios, como se não faltassem médicos. 
O que eu vejo nos hospitais da periferia, que sou obrigado á frequentar, é um amontoado de gente pelo chão, com o corpo doente e com a consciência inexistente.
Eu nunca vejo esse pessoal que critica Manifestações como essas, falarem: “Hey, vamos lá protestar por uma Educação de qualidade, vamos lá cobrar uma segurança que seja realmente eficiente e não nos cause medo, assim como os bandidos, Vamos lá Lutar por qualquer coisa que seja..., só ouço e vejo, ...Vai lá e cobra isso, vai lá e luta por aquilo, vai lá e faz o que tem que fazer”.
E as religiões que pregam a salvação, onde estão nesse momento? 
“Salvo” A IGREJA CATÓLICA que estava presente, mesmo de maneira moderada, mas marcou sua presença, já a Igreja PROTESTANTE, que tem em sua essência e fundamentação o PROTESTO, se mantém em “um” outro mundo, se omitindo e se calando de maneira vergonhosa, como diz uma protestante amiga minha, Lutero se pudesse desceria dos céus e estaria engajado na causa, tenho certeza!. 
Não sou religioso, antes que me acusem de predileção ou pregação á alguma, mas tenho uma oração: TODOS OS DIAS ANTES DE DORMIR E AO ACORDAR EU PEÇO: “QUE EU TENHA SEMPRE GRATIDÃO POR AQUELES QUE ME AJUDAM DE ALGUMA FORMA E QUE POSSA RETRIBUIR Á ELES DE ALGUMA FORMA TAMBÉM, PEÇO QUE O MEU AMOR SEJA EM IGUAL TAMANHO AO DAS PESSOAS QUE ME QUEREM DESTA FORMA, E PRINCIPALMENTE QUE EU NÃO PERCA A CAPACIDADE DE ME INDIGNAR COM QUALQUER UM QUE ME OPRIMA OU AOS MEUS, AMÉM!”.
Com a mudança do discurso dessas mídias tradicionais, talvez o seu discurso talvez tenha mudado, ou para juntar o orgulho ao seu analfabetismo político e social, á sua falta de consciência social e política, á sua hipocrisia, você não mude de opinião e apenas se abstenha, até mesmo, de ter uma opinião.

Saímos do Facebook, do twiter para mostrar que erraram na estrofe do nosso hino que diz: 
“DEITADO ETERNAMENTE EM BERÇO ESPLÊNDIDO”, pois acordamos, e mesmo, ainda que sonolentos, enquanto não nos permitirem sonhar, não os deixaremos dormir.
APESAR DE VOCÊ, A PRÓXIMA VAI SER MAIOR!
Prof. Eliandro.
Postar um comentário