sábado, 12 de novembro de 2011

Poemas Di Versos - "O Amor é á Minha Bandeira"


Ah, minha Bandeira vermelha...

...vermelha com o sangue derramado por muitos, que antes a tinham como a sua própria pele...
...vermelha como a tinta da caneta daqueles que hoje alugam-na...
...vermelha como a indignação que transparece a minha face, hoje tão rasgada pela garoa da minha amada
Terra...







...vermelha como as águas do mar que um dia foi aberto... aberto como hoje é o meu coração, pelo amor a minha Bandeira...


Prof. Eliandro.


Postar um comentário